Como Criar um Rank Dinâmico no Excel

Conheça o meu curso Gratuito Excel para o Mercado Financeiro=>Só clicar nesse link

 

Vamos aprender, no artigo de hoje, como fazer um rank (ordenamento) dinâmico no Excel. Para isso, vamos abordar algumas funções importantes do Excel: RANK, INDEX e MATCH.

 

RANK DINÂMICO

 

Antes de aprender como implementar, é importante entender quando usar esse ordenamento. Vou dar um exemplo bem simples…

Imagine que você tem a variação diária de uma grande lista de ativos, ou seja, quanto cada ativo está subindo ou caindo durante o dia.

Agora, vamos supor que precisemos sempre indicar as 5 maiores e as 5 menores variações dessa lista. Como fazer isso?

É claro que você pode pegar essa lista e ordená-la manualmente, escolhendo as maiores e as menores variações.

Mas lembre-se que o preço das ações muda a cada segundo, o que inviabiliza esse tipo de trabalho.

É aí que entra o ordenamento dinâmico. Agora, vamos entender as funções necessárias para montar essa ferramenta.

 

Função RANK

 

Essa função é bem simples. Você passa o valor que você quer Rankear, a lista que ele se encontra (range) e 0 se você quer o ordenamento do maior para o menor ou 1 se preferir do menor para o maior.

Só tem um problema com essa função: quando há um empate.

Olhe o que acontece nesse caso, ordenando do maior para o menor.

Note como o valor 5 aparece repetido, o Rank 1 (maior valor) consequentemente aparece 2 vezes também. E a posição 2 do Rank não aparece pois o ordenamento pula do 1 para o 3.

No entanto, para certas aplicações, como a desse artigo, é importante ter o ordenamento certo, no caso de 1 a 5.

Então, para resolver esse problema, temos que criar uma coluna auxiliar com valores únicos.

Você pode tentar criar um critério para desempate. Mas o que eu prefiro fazer, é criar uma coluna auxiliar com o valor + um número único bem pequeno.

E é possível fazer isso com a função ROW que retorna a linha atual, dividido por um número bem grande.

INDEX + MATCH

 

Você já deve ter ouvido falar da função VLOOKUP (PROCV em português), uma das funções mais utilizadas no Excel. Se você não faz a mínima ideia do que ela faça, procure um tutorial na internet para aprendê-la.

Olhe esse exemplo,

Como você pegaria o valor que está associado ao “Fundo B”?

A maneira mais rápida é usando o VLOOKUP:

=VLOOKUP(“Fundo B”;$A$1:$B$3;2;FALSE)

No entanto, posso chegar ao mesmo resultado, usando as funções INDEX + MATCH !

=INDEX($B$1:$B$3;MATCH(“Fundo B”;($A$1:$A$3;0))

Mas o por que fazer isso?

VLOOKUP não é tão flexível. Experimente adicionar uma coluna entre a coluna A e a coluna B.

Pior ainda é se você der um “Ctrl + X” na coluna B e trocá-la de lugar com a coluna A.

Portanto, no VLOOKUP, a coluna com os valores de referência deve estar sempre antes da coluna com os valores que você quer que retorne.

Dessa forma, a junção INDEX e MATCH cria um VLOOKUP muito mais flexível!!

Troque a coluna B com a coluna A. Você vai ver que continua funcionando, apenas vai alterar a fórmula para: =INDEX($A$1:$A$3;MATCH(“Fundo B”;$B$1:$B$3;0))

 

RANK Dinâmico no Excel

 

Agora, você está pronto para entender o RANK o dinâmico!!

É só baixar a planilha abaixo,  olhar com detalhe as fórmulas e você vai aprender. Teste mudar valores e adicionar novos ativos para observar como se altera o RANK.

Você vai notar uma coluna, “Preço Anterior Ajustado”. Se você não entendeu, dê uma olhada nesse post!

 

Planilha para Download

 

0 Comentários

  1. O seu comentário está aguardando moderação.

    When I originally commented I clicked the -Notify me when new comments are added- checkbox and now each time a comment is added I get four emails with the same comment. Is there any way you can remove me from that service? Thanks!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *